We Are Hiring

Do you want to join our dynamic and innovative team?

Read more…



BetonTage

BetonTage

14. – 16.02.2017
Stand #: 41
Ulm,Germany

Read more…



CONEXPO-CON/AGG

CONEXPO-CON/AGG

07. – 11.03.2017
Stand #: G72920
Las Vegas,USA

Read more…



The Big 5 Saudi

The Big 5 Saudi

27. – 30.03.2017
Jeddah, Saudi Arabia

Read more…



Termos e Condições

Termos e Condições de Venda e Entrega

 Para utilização com:

  1. Uma pessoa que, na celebração do acordo, exercer as suas funções profissionais ou comerciais independentes (empresário);
  2. Pessoas jurídicas de direito público ou uma base especial de direito público..

I. Geral

  1. Estes termos e condições, bem como quaisquer acordos contratuais especiais formam a base para todas as entregas e serviços. Quaisquer Termos e Condições divergentes de Compra do cliente não serão considerados para se tornar o conteúdo contratual, mesmo através da aceitação do pedido. Um acordo só deve ser considerado para ser concluído - na ausência de um acordo especial – sob a confirmação da ordem por escrito por parte do fornecedor.
  2. Referências ou confirmações de retorno sobre a parte do cliente que indicam seus termos e condições de compra são expressamente excluídos.
  3. O Fornecedor reserva-se os direitos de propriedade e direitos autorais de amostras, estimativas de custos, desenhos e qualquer informação semelhante de um corpóreo ou tipo incorpóreo - mesmo em um formulário eletrônico, não pode ser facultada a terceiros. O fornecedor será obrigado a fazer tais informações e documentos que tenham sido designados pelo cliente como sendo confidenciais acessíveis a terceiros apenas com sua aprovação.

II. Conclusão contratual, características de qualidade, confirmação de compra

  1. Nossas ofertas são consideradas não vinculativas. Nós só seremos obrigados se as ofertas tiverem sido expressamente designadas como sendo vinculativa. Caso contrário, eles serão considerados para ser apenas um convite para apresentar uma proposta. Em tais casos, a nossa confirmação por escrito da ordem de compra é necessária para a conclusão de um acordo.
  2. Características de qualidade dos produtos que o cliente pode esperar com base em nossas demonstrações públicas, nomeadamente na publicidade ou na rotulagem dos produtos, ou devido a práticas habituais do setor, deve apenas ser considerado como uma característica de qualidade acordado se eles estão expressamente reafirmada em uma oferta ou uma confirmação do pedido. As garantias só serão de obrigatóriedade para nós, se tiverem expressamente designado como tal em uma oferta ou uma confirmação do pedido e nossa obrigação de garantia são apresentados em detalhes na mesma.
  3. Nossa confirmação do pedido por escrito deve ser predominante para o escopo da entrega.
  4. Quaisquer acordos e garantias acessórias orais feitas pelos nossos funcionários e representantes devem exigir nossa confirmação por escrito, a fim de ser juridicamente válida.

III. Preço e pagamento

  1. O prazo de entrega deve basear-se nos acordos celebrados entre as partes contratuais. Adesão do Fornecedor para tais prazos deve exigir que todas as questões técnicas e comerciais entre as partes contratuais estejam esclarecidas e que o cliente tenha cumprido todas as suas obrigações, por exemplo, a obtenção das autorizações exigidas ou aprovações ou a prestação de um adiantamento. O prazo de entrega só então começará a correr a partir deste momento. Se este não for o caso, o prazo de entrega será prorrogado de forma adequada. Isto não se aplica na medida em que o fornecedor é responsável pelo atraso.
  2. O cumprimento do calendário de entrega estará sujeito à condição de entrega dos próprios fornecedores do fornecedor. O Fornecedor deverá fazer a notificação de todos os atrasos que possam surgir, logo que seja possível.
  3. O prazo de entrega deve ser considerado como
    tendo sido cumprido quando as mercadorias de entrega deixarem a fábrica do fornecedor ou a notificação de prontidão tenha sido feita antes da expedição dentro dos lapsos de cronograma de entrega. Na medida em que a aceitação de entrega deve ser feita, o prazo de aceitação de entrega deve ser predominante, ou, alternativamente, a notificação da prontidão para a aceitação de entrega - exceto em casos de recusa justificada para fazer a aceitação da entrega.
  4. Se o embarque e / ou a aceitação dos bens de entrega a entrega está atrasada devido a razões pelas quais o cliente é responsável, então dele deve ser cobrado os custos decorrentes de tal atraso, começando um mês após a notificação da prontidão para o embarque ou prontidão para a aceitação da entrega.
  5. Se o não cumprimento do prazo de entrega é atribuível a força maior, disputas judiciais ou outros eventos que estão fora da esfera de controle do fornecedor, em seguida, o prazo de entrega deve ser adequadamente prorrogado. O Fornecedor deve notificar o cliente do início e final de tais conjuntos de circunstâncias, tão cedo quanto possível.

IV. Prazos de entrega e prazos de atrasos

  1. O prazo de entrega deve basear-se nos acordos celebrados entre as partes contratuais. Adesão do Fornecedor para tais prazos deve exigir que todas as questões técnicas e comerciais entre as partes contratuais estejam esclarecidas e que o cliente tenha cumprido todas as suas obrigações, por exemplo, a obtenção das autorizações exigidas ou aprovações ou a prestação de um adiantamento. O prazo de entrega só então começará a correr a partir deste momento. Se este não for o caso, o prazo de entrega será prorrogado de forma adequada. Isto não se aplica na medida em que o fornecedor é responsável pelo atraso.
  2. O cumprimento do calendário de entrega estará sujeito à condição de entrega dos próprios fornecedores do fornecedor. O Fornecedor deverá fazer a notificação de todos os atrasos que possam surgir, logo que seja possível.
  3. O prazo de entrega deve ser considerado como
    tendo sido cumprido quando as mercadorias de entrega deixarem a fábrica do fornecedor ou a notificação de prontidão tenha sido feita antes da expedição dentro dos lapsos de cronograma de entrega. Na medida em que a aceitação de entrega deve ser feita, o prazo de aceitação de entrega deve ser predominante, ou, alternativamente, a notificação da prontidão para a aceitação de entrega - exceto em casos de recusa justificada para fazer a aceitação da entrega.
  4. Se o embarque e / ou a aceitação dos bens de entrega a entrega está atrasada devido a razões pelas quais o cliente é responsável, então dele deve ser cobrado os custos decorrentes de tal atraso, começando um mês após a notificação da prontidão para o embarque ou prontidão para a aceitação da entrega.
  5. Se o não cumprimento do prazo de entrega é atribuível a força maior, disputas judiciais ou outros eventos que estão fora da esfera de controle do fornecedor, em seguida, o prazo de entrega deve ser adequadamente prorrogado. O Fornecedor deve notificar o cliente do início e final de tais conjuntos de circunstâncias, tão cedo quanto possível.
  6. O cliente pode rescindir o contrato, se for definitivamente e claramente impossível para o fornecedor prestar todo o serviço antes da transferência de risco ser feita. Além disso, o cliente pode desistir do contrato se, caso o pedido tenha sido feito, mas uma parte da entrega torna-se impossível e tem um interesse legítimo na rejeição da entrega parcial. Se não for este o caso, então o cliente deve pagar o preço contratual que é aplicável ao fornecimento parcial. O mesmo se aplica no caso de insolvência do fornecedor. Caso contrário, Sub-seção VII. 2 º. Se a impossibilidade de desempenho ou a insolvência ocorre durante o período padrão de aceitação de entrega ou o Cliente é o único ou o principal responsável por esses conjuntos de circunstâncias, ele será obrigado a prestar contra-performance.
  7. Na medida em que o cliente sofre danos devido a um atraso relacionado com a nossa negligência, negligência grave do nosso pessoal de gestão ou os nossos agentes indiretos ou pessoal auxiliar, em seguida, o cliente receberá, como um montante fixo danos de compensação, montante sujeito à exclusão de quaisquer reivindicações, incluindo reparação de danos consequentes para cada semana do atraso, 0,5%, mas mesmo assim um máximo de 5% do valor da porção de entrega global que não foi prontamente entregues devido ao atraso. Esta disposição entrará em vigor após um período de espera de tempo de uma semana. Reservamo-nos o direito de documentar os danos menores. Quaisquer reivindicações adicionais devido ao atraso na entrega será determinada exclusivamente de acordo com o Sub-seção VIII. 2 destes Termos e Condições.

V. Transferência de risco, a aceitação de entrega

  1. Risco deve ser transferido para o cliente quando os bens de entrega não deixaram a fábrica e, na verdade, também, em seguida, quando as entregas parciais são feitas ou o fornecedor prestou outras performances, por exemplo, paga os custos de envio ou entrega prestado ou montagem / trabalho de montagem. Na medida em que a aceitação de entrega deve ser feita, então, essa aceitação de entrega será vigente para a transferência do risco. Ela deve ser prontamente realizada na data de aceitação de entrega ou, alternativamente, após a notificação da disponibilidade para a aceitação de entrega sobre a parte do fornecedor. O cliente não pode se recusar a fazer a aceitação de entrega, na ausência de qualquer defeito essencial.
  2. Se a aceitação de entrega está atrasada ou a expedição ou aceitação de entrega não é feita devido ao conjunto de circunstâncias em que o fornecedor não é responsável, em seguida, os riscos serão transferidos para o cliente sobre o dia em que a notificação da prontidão para a entrega ou a notificação da prontidão para a aceitação entrega é feita. O fornecedor será obrigado a tirar as apólices de seguro para os pedidos do cliente, a expensas por conta do Cliente.
  3. As entregas parciais são permitidas desde que sejam razoáveis para o cliente.

VI. Reserva de propriedade

  1. O Fornecedor deverá reservar a propriedade para os bens de entrega até que ele recebe todos os pagamentos a partir do Acordo de entrega.
  2. O Fornecedor terá o direito de segurar os bens de entrega por conta do cliente contra roubo, quebra, fogo, água e outros danos na medida em que o próprio cliente não tenha concluído o seguro contra documentação.
  3. O Cliente não pode vender os bens antes da entrega, compromete-los, nem atribuí-los a título de caução. Em caso de apreensões, anexos ou outras reclamações de terceiros, deverá notificar imediatamente o fornecedor deles.
  4. No caso em que o cliente comete uma violação contratual, nomeadamente em caso de falta de pagamento, o fornecedor terá direito a retomar a mercadoria entregue depois de ter emitido uma carta de advertência a esse respeito. O cliente será obrigado a devolver a mercadoria entregue.
  5. O fornecedor pode exigir a devolução dos bens entregues com base na reserva de propriedade só se acordado anteriormente.
  6. A apresentação de uma petição para a abertura do processo de falência autoriza o fornecedor a rescindir o contrato e exigir o retorno imediato dos bens de entrega.

VII. Defeitos

O Fornecedor deverá fornecer a seguinte garantia para defeitos legais de materiais de entrega sujeitos à exclusão de quaisquer outras reivindicações - sujeitos a Seção VIII:

Defeitos de material

  1. Todas as partes defeituosas devido a conjuntos de circunstâncias que existiam antes da transferência do risco, devem, a critério do fornecedor e sobre uma base livre de encargos, ou ser retificado ou substituído com um material impecável. O Fornecedor deve ser imediatamente notificado por escrito de quaisquer defeitos que são descobertos. As peças substituídas passam a ser propriedade do Fornecedor.
  2. Após consulta com o fornecedor, o cliente deve conceder o tempo e a oportunidade necessária para a realização de todas as retificações e entregas de substituição que o fornecedor acredita ser necessário, caso contrário, o Fornecedor será liberado da responsabilidade de quaisquer consequências. Apenas no caso de casos urgentes de ameaça contra a segurança operacional, ou para afastar desproporcionalmente grandes danos em que o fornecedor deve ser imediatamente notificado disto, o cliente terá o direito de eliminar o problema em si ou parte dele e exigir o reembolso de quaisquer despesas necessárias por parte do fornecedor.
  3. O fornecedor deve assumir os custos diretos suportados pela retificação ou substituição de entrega - na medida em que a queixa é justificada - bem como os custos da peça de substituição, incluindo o transporte. Além disso, devem assumir os custos de desmontagem ou instalação, bem como os custos de qualquer colocação de pessoal de montagem e auxiliares, incluindo os custos de viagem na medida em que o fornecedor realizar despesas desproporcionais ao fazê-lo.
  4. De acordo com as diretrizes legais, o Cliente terá o direito de rescindir o contrato se o Fornecedor - sem prejuízo da consideração das exceções legais - tem permitido um período de extensão apropriado que foi criado por ele para os trabalhos de retificação ou a entrega de substituição devido a um defeito de material. Se apenas um pequeno defeito existe, o cliente terá direito apenas a uma redução do preço contratual. Caso contrário, o direito de reduzir o preço contratual permanecem excluídos. Créditos adicionais serão determinados de acordo com o Sub-seção VII. 2 destes Termos e Condições.
  5. Nenhuma garantia será assumida em particular nos seguintes casos: uso inadequado ou impróprio, inadequação de montagem ou comissionamento por parte do Cliente ou de terceiros, a manipulação e desgaste imprópria ou negligencias naturais, manutenção inadequada, recursos operacionais inadequados, o trabalho de construção falho, locais de construção inadequados, efeitos elétricos, químicos, eletroquímica ou - na medida em que o fornecedor não é responsável por eles.
  6. Se o Cliente ou um terceiro faz retificações impróprias, nenhuma responsabilidade deve existir sobre a parte do Fornecedor por quaisquer consequências resultantes. O mesmo se aplica para todas as modificações feitas nas entrega de mercadorias sem a aprovação prévia do Fornecedor.

Defeitos legais

  1. Se o uso dos resultados da entrega de mercadorias em violação de direitos de propriedade industrial ou direitos de autor a nível nacional, o Fornecedor deverá providenciar, fundamentalmente, o direito de uso contínuo para o cliente a expensas do Fornecedor ou modificar os bens de entrega de uma forma que é razoável para o cliente, de modo que os direitos de propriedade não sejam violados. Se isso não for possível em condições financeiras adequadas ou dentro de um prazo adequado, então o cliente terá direito a rescindir o contrato. Sem prejuízo dos requisitos acima mencionados, o fornecedor também terá o direito de rescindir o contrato. Além disso, o Fornecedor deve indenizar o cliente de qualquer pedido indiscutível ou legalmente deferido sob a parte dos detentores de direitos de propriedade afetados.
  2. Sujeito a Sub-seção VIII. 2, obrigações do fornecedor que são especificados na Sub-seção VII. 7 deve ser predominante no caso de violação dos direitos de autor ou outros direitos de propriedade. Devem existir apenas se
    • O cliente tem imediatamente notificado o Fornecedor de quaisquer reclamações de violação de direitos autorais ou outros direitos de propriedade,
    • O cliente suporta o Fornecedor em um escopo apropriado no reparo das reivindicações que foram afirmadas ou torna possível para o fornecedor realizar as medidas de modificação de acordo com o Sub-seção VII.7,
    • O Fornecedor reserva-se o direito de tomar todas as medidas reparo incluindo quaisquer acordos extra-judiciais,
    • O defeito legal não é atribuível às instruções do cliente e
    • A violação legal não tenha sido causada devido ao fato de que o cliente tem modificado os bens de entrega ou utilizá-los em uma forma não contratual sem ter recebido a devida autorização para fazê-lo.

VIII. Responsabilidade

A responsabilidade do vendedor deve basear-se exclusivamente sobre os acordos celebrados nas cláusulas acima mencionadas. Todos os direitos não concedidos expressamente nela, por exemplo, para a entrega de bens impecáveis, a retirada do contrato ou redução do preço de compra, bem como a uma indenização por danos de qualquer espécie e certamente também pelo dano que não é para o próprio bem de entrega e são excluídos, independentemente do motivo legal.

  1. Se a entrega de mercadorias não pode ser contratualmente utilizada pelo devido Cliente por culpa do fornecedor, como resultado de não cumprimento ou desempenho ou recomendações ou consultorias feitas após a conclusão contratual ou devido à violação de outras obrigações contratuais acessórios falhos - particularmente instruções para a manutenção e manutenção dos bens de entrega, em seguida, as disposições das Seções VII e VIII. 2 aplica-se, consequentemente, sujeita à exclusão de quaisquer reivindicações adicionais sobre a parte do Cliente.
  2. Por danos que não são para o próprio bem de entrega, o fornecedor será responsável - independentemente das razões legais - só
    • a. Em caso de irregularidade intencional,
    • b. Em caso de negligência grosseira sobre a parte do proprietário / os órgãos institucionais ou a gestão de pessoal,
    • c. No caso de perda culposa da vida, lesões físicas ou danos à saúde,
    • d. Em caso de defeitos que ele maliciosamente oculta ou se tem garantido a ausência de tais defeitos, e. Em caso de defeitos aos bens de entrega, na medida em que a responsabilidade é prescrita por danos pessoais ou danos materiais aos objetos de uso particular, de acordo com a Lei de Responsabilidade do Produto alemão. Em caso de violação culposa de obrigações contratuais essenciais, o fornecedor também deve ser responsabilizado por negligência grave de pessoal, não gestão ou em caso de negligência simples. Neste último caso, esta será limitada aos contratualmente típicos danos, razoavelmente previsíveis. Quaisquer reivindicações adicionais serão excluídas.

IX. Estatuto de limitações

Todas as reclamações do cliente - independentemente das razões legais – devem ser prescritas no período de 12 meses. Os prazos legais são válidas por danos pedidos de indemnização nos termos do inciso VIII. 2.a - e. Devem também ser válido para todos os defeitos de uma estrutura de construção ou entrega de mercadorias que tenham sido utilizados para a estrutura do edifício, de acordo com a sua forma habitual de uso e que causou sua imperfeição.

X. Uso de Software

Na medida em que o software está incluído no volume de fornecimento, em seguida, o cliente deve ter o direito não exclusivo de utilizar o software fornecido, incluindo sua documentação. Deve ser concedido o uso sobre o objeto de entrega designado. É proibida a utilização do software em mais de um sistema. O cliente pode utilizar, reproduzir, revisar ou traduzir o software ou convertê-lo a partir do código objeto para o código fonte apenas no âmbito legal permitido (§ § 69 a urhg [Lei de Direitos Autorais ff. Alemão). O cliente será obrigado a não remover rotulagem do fabricante - particularmente rotulagem copyright - ou alterar a rotulagem sem a prévia autorização expressa do fornecedor. Todos os outros direitos sobre o software e a documentação, incluindo as cópias, deve continuar a ser realizada pelo fornecedor ou o fornecedor do software. Não é permitida a emissão de sub-licenças.

XI. Legislação aplicável, foro, local de desempenho, exigência de forma escrita ou invalidez parcial

  1. O local de execução para o pagamento e a entrega será em Balzheim 88481.
  2. Assunto para a exclusão da Convenção das Nações Unidas sobre Contratos para a Venda Internacional de Mercadorias (CISG), a lei da República Federal da Alemanha será válida para todas as relações jurídicas entre o fornecedor e o cliente.
  3. O foro será o tribunal que tem jurisdição para a residência comercial do Fornecedor em Ulm. No entanto, o fornecedor terá o direito de tomar medidas legais no local legal que detém a competência para a residência principal comercial do Cliente.
  4. No fim de que seja válido, é preciso confirmar, por escrito, quaisquer acordos auxiliares, reservas, alterações e aditamentos.
  5. No caso em que a disposição destas Vendas e Termos e Condições de entrega ou a prestação de quaisquer outros acordos relacionados com o Acordo de entrega deve ser ou se tornar inválida, a validade de todas as outras disposições ou acordos não serão afetados.

Balzheim, abril de 2009

Registro Tribunal Ulm HRA 5278
Endereço Comercial: Balzheim
Diretor:
Dipl.-Ing. Rupert Plersch
Dipl.-Wirtsch.-Ing. Andreas Eyd
Carl-Otto-Weg 14/2 • D-88418 Balzheim
Tel.: +49–7347–9572-0 • Fax +49–7347-22
info@kti-plersch.com • www.kti-plersch.com

 

Baixar em pdf

Por favor, clique aqui para baixar nossos Termos e Condições de venda e entrega em pdf

 

Purchasing Terms and Conditions

Applicable in business dealings with entrepreneurs, juridical persons under public law and special foundations under public law.

  1. General
    Our Purchasing Terms and Conditions shall apply exclusively; we shall recognise any of the Supplier’s opposing General Business Terms and Conditions or its General Business Terms and Conditions which deviate from our Purchasing Terms and Conditions only insofar as we have made express approval of them to you in writing. The acceptance of the Supplier’s goods or services (hereafter: Contractual Goods) or any related payments for them shall constitute no approval at other conditions.
     
  2. Contractual conclusion and contractual amendments
    2.1 Any orders, conclusions of contractual agreements and call-off delivery orders as well as their amendments and supplements must be in writing.
    2.2 We must make written confirmation of any oral agreements of any kind – including any subsequent amendments of and supplements to our Purchasing Terms and Conditions – in order for them to be valid.
    2.3 The written form requirement shall also be fulfilled by long-distance data transmissions or telefax.
    2.4 Cost estimates shall be binding and be provided upon a free of charge basis unless something to the contrary has been expressly agreed.
    2.5 If the Supplier does not accept the order within two weeks after its receipt, then we shall be entitled to cancel it.
    2.6 Call-off deliveries within the parameters of order and call-off order planning shall become binding if the Supplier does not object to them within two working days since their receipt.
    2.7 The Qualitätssicherungs-Leitlinie für Lieferanten [Quality Assurance Guidelines for Suppliers] (QSL) as well as the incoming delivery and packaging directives of KTI Plersch Kältetechnik GmbH shall become a component of the agreement.
     
  3. Delivery
    3.1 Deviations from our contractual agreements and orders are permitted only after having received our prior written approval.
    3.2 Agreed timeframes and deadlines shall be binding. The point in time when we receive the goods shall be prevailing for the adherence to the delivery timeframe or delivery deadline. If “free factory” delivery (DDU or DDP in accordance with Incoterms 2000) has been agreed, the Supplier must promptly provide the goods subject to the consideration of the time for loading and shipment that is to be agreed with the carrier.
    3.3 If the Supplier is responsible for the erection or mounting work and nothing to the contrary has been agreed, then the Supplier shall, subject to any deviating provisions, assume all required ancillary costs such as travel costs, provision of tools as well as any related releases.
    3.4 If the agreed timeframes are not adhered to, then the statutory directives shall apply. If the Supplier anticipates that there will be difficulties with regards to production, procurement of raw materials, adherence to delivery timeframes or similar sets of circumstances which could prevent it from making prompt delivery or delivery in the agreed quality, then the Supply must promptly notify our Ordering Division of this.
    3.5 The unconditional acceptance of late deliveries or services shall constitute no waiver upon our part of the damage compensation claims to which we are entitled owing to the late delivery or service; this shall be valid until payment in full is made of the fee which we owe for the affected delivery or service.
    3.6 In principle, partial deliveries are not permitted unless we have expressly approved them or they are reasonable for us.
    3.7 Subject to documentation to the contrary, the values which our Incoming Goods Control Centre determines for unit figures, weights and measurements shall be prevailing.
    3.8 We shall have the right to use the software included in the scope of product delivery, including its documentation, in the scope which is permitted by law (§§ 69a ff. UrhG [German Copyright Act]).
    3.9 We shall also have the right to use such software, including documentation, with the agreed quality features and in the scope which is required for contractual use of the product. We may also create back-up copies without express approval being required.
     
  4. Force majeure
    Force majeure, labour struggles, operational disruptions for which we are not at fault, civil unrest, governmental directives and other unavoidable events shall release us from making prompt delivery acceptance for the duration of their existence. During the course of such events as well as within two weeks after their end, we shall – notwithstanding our other rights – be entitled to, in whole or in part, to withdraw from the agreement insofar as these events are of a long-term duration and substantially reduce our ordering requirements owing to the fact that we are thus required to procure them from other sources.
     
  5. Notification of readiness for shipment and invoicing
    The information on our orders and call-off orders shall be prevailing. The invoice must be sent to the address specified upon it as a simple copy subject to the indication of the invoice no. and other classification-related information; it may not be enclosed with the shipments.
     
  6. Pricing and transfer of risk
    If no special agreement has been concluded, the prices shall be understood to be free factory with duty paid (DDP in accordance with Incoterms 2000) including packaging. The VAT is not included. The Supplier shall assume the material risk until we or our authorised representatives have made delivery acceptance of the goods at the delivery destination specified on the order.
     
  7. Payment conditions
    Insofar as no special agreement has been concluded, the settlement of the invoice shall be made either within 20 days subject to the deduction of a 3 % discount or within 30 days without any discounts after the payment claim comes due and the receipt of both the invoice as well as also the goods or rendering of the service. The payment shall be made subject to the reviewing of the invoice.
     
  8. Claims for defects and recourse
    8.1 Delivery acceptance shall be made subject to the reservation of the right to examine the goods for the absence of defects, particularly also for correctness and completeness, insofar and as soon as this is feasible in accordance with customary business practices. We shall make a prompt notification of defects upon their discovery. In this regard, the Supplier shall waive the defence of a belated notification of defects.
    8.2 The statutory directives related to material and legal defects shall be valid insofar as nothing to the contrary is stipulated in the following.
    8.3 We shall have a fundamental right to select the manner of subsequent performance. The Supplier may refuse to render the subsequent performance option we have selected only if it is possible only with disproportionate costs.
    8.4 In the event that the Supplier should not promptly begin to eliminate the defect upon our request to do so, then we shall be entitled in urgent cases, particularly in order to ward off acute dangers or to avoid more extensive damages, to eliminate the defects ourselves or to have them eliminated by third parties at the Supplier’s expense.
    8.5 In the event of legal defects, the Supplier shall also be required to indemnify us from any third-party claims unless it is not responsible for the legal defect.
    8.6 Claims for defects shall become statute-barred – except in cases of malice – in three years’ time unless the object has been used for a building structure based upon its customary usage and which has caused its defectiveness. The statute of limitations shall begin to run upon the delivery of the contractual object (transfer of risk)
    8.7 If the Supplier fulfils its subsequence performance obligation by making a replacement delivery, then the statute of limitations shall begin to run anew for the replacement goods upon their delivery unless the Supplier has, expressly and relevantly, reserved the right with regards to subsequent performance to make a replacement delivery only owing to goodwill, in order to avoid disputes or in the interest of the continuation of the supplier relationship.
    8.8 In the event that we incur costs, particularly transport, infrastructure, labour, materials costs or other costs for incoming goods control which exceed the customary scope owing to the flawed delivery of the contractual object, the Supplier must assume these costs.
     
  9. Product liability
    9.1 In the event that we, owing to product liability, have claims asserted against us, the Supplier shall be obliged to indemnify us from any such claims insofar and to the extent that the damages have been caused by a defect of the delivery object supplied by the Supplier. In cases of fault-based liability, however, this shall apply only if the Supplier is at fault. Insofar as the cause of the damages lies in the sphere of responsibility of the Supplier, it shall bear the burden of proof in this regard.
    9.2 In the cases specified in Sub-clause 9.1, the Supplier shall pay all costs and expenditures, including those of any legal defence.
    9.3 Otherwise, the statutory directives shall apply.
    9.4 We shall notify the Supplier of any recall campaign which results, in whole or in part, from the defect to the contractual object supplied by the Supplier, give it the opportunity to cooperate and consult with it regarding efficient implementation unless the notification or involvement of the Supplier is not possible owing to a particular urgency. Insofar as a recall campaign is the result of a defect to the contractual object supplied by the Supplier, then the Supplier shall assume the costs of the recall campaign.
     
  10. Rendering of work
    Persons who carry out work in the fulfilment of the agreement on our company’s premises must follow the respective factory directives. The liability for accidents which these persons suffer upon our company’s premises shall be excluded insofar as they have not been caused by intentional wrongdoing or gross negligence upon the part of our legal representatives or vicarious agents.
     
  11. Provision of supplies
    Any materials, parts, containers and special packaging we provide shall remain our property. They may be used only in accordance with the contractual provisions. The processing of materials and the assembly of parts shall be made upon our behalf. It has been mutually agreed that we, based upon the proportional value of the supplies provided to the value of the overall product created, shall become co-owners of the products created through the use of our materials and parts which shall be stored by the Supplier in this regard upon our behalf.
     
  12. Documents and confidentiality
    12.1 All commercial or technical information we disclose (including quality features specified on objects, documents or software that have been provided and any other knowledge or expertise) must be kept confidential from third parties as long as and insofar as it has not been made public against documentation and may only be provided to such persons in the Supplier’s own company who have been authorised to use it for the purpose of making the delivery to us and who have likewise been obligated to maintain confidentiality; such information shall remain our exclusive property. Without our prior written approval, such information may not be reproduced or used commercially – except for deliveries to us. Upon our request, all information we have provided (where applicable, including any copies or records) and any objects provided on loan must be promptly and completely returned to us or destroyed.
    We reserve all rights to such information (including copyrights and the right to apply for protection of industrial property rights such as patents, registered designs, semi-conductor protection, etc.). Insofar as they have been provided to us by third parties, this reservation of rights shall also apply upon behalf of third parties.
    12.2 Products which have been manufactured based upon documents we have drafted such as drawings, models and the like or based upon our contractual information or with our tools or tools which have been created based upon our tools, may neither be used by the Supplier for its own benefit nor offered or supplied to third parties. This shall also apply accordingly for our print orders.
     
  13. Export control and customs duties
    The Supplier shall be obliged to notify us of any obligations to obtain approvals for (re-)exports of its goods in accordance with German, European, U.S. exporting and customs directives as well as the exporting an customs directives of the country of origin of its goods in its commercial documents. In this regard, the Supplier shall provide the following information in its offers and on its order confirmations and invoices for the affected items.
    • The export no. specified on Anlage [Schedule] AL with regards to the German foreign trading directives or comparable items including export lists,
    • For U.S. goods, the ECCN (Export Control Classification Number) in 
accordance with the U.S. Export Administration Regulations (EAR),
    • The trading-related origin of its goods and the components of its goods, including the technology and software,
    • Whether the goods have been transported through the USA, manufactured or stored in the USA, or manufactured with the assistance of U.S. technology,
    • The statistical good numbers (HS code) of its goods as well as - A contact person at its company for the clarification of any inquiries 
 we make.

      Upon our request, the Supplier shall be obliged to submit to us all 
additional foreign trading data about its goods and their components as well as to promptly (before the delivery of any correspondingly affected goods) notify us of all modifications of the existing data in writing.
       
  14. Place of performance
    The place of performance shall be the delivery destination or the location where service is to be rendered which is specified upon the order. Insofar as nothing to the contrary is agreed, this place of performance shall be Balzheim.
     
  15. General provisions
    15.1 In the event that a provision of these terms and conditions and the affected additional agreements should be or become invalid, then the validity of the remaining terms and conditions shall not be affected. The contractual partners shall be obliged to replace the invalid provision with a valid provision which most closely corresponds to the commercial intent of the invalid provision.
    15.2 Exclusively German law shall be valid for the contractual relationships subject to the exclusion of the conflict of laws directives and the United Nations Convention on Contracts for the International Sale of Goods (CISG).
    15.3 The legal venue for all legal disputes which arise, directly or indirectly, from the contractual relationships for which these Purchasing Terms and Conditions form the basis, shall be Ulm. Furthermore, we shall be entitled to take legal action against the Supplier at our discretion either in the court which holds jurisdiction for its commercial residence or its branch office or the court which holds jurisdiction for the place of performance.

Balzheim in January 2009

Registry Court of Ulm HRA 5278, commercial residence: Balzheim
Managing Director:
Dipl.-Ing. Rupert Plersch
Dipl.-Wirtsch.-Ing. Andreas Eyd
Carl-Otto-Weg 14/2
D-88418 Balzheim
Tel.: +49 7347 9572 - 0
Fax +49 7347 22
info@kti-plersch.com
www.kti-plersch.com

Baixar em pdf

Por favor, clique aqui para baixar nossos Termos e Condições em pdf